Maria de Carmen Villarino Pardo

M. Carmen Villarino Pardo é Professora Titular de Literatura Brasileira na Universidade de Santiago de Compostela (Galiza), Membro do Grupo de pesquisa Galabra da USC (http://www.grupogalabra.com/) e Doutora pela USC com a Tese Aproximação à obra de Nélida Piñon. A República dos Sonhos. (A trajectória de Nélida Piñon no sistema literário brasileiro da segunda metade do século XX), Santiago de Compostela, Servizo de Publicacións da USC, 2000, CD-Rom.

É autora de artigos em revistas especializadas e capítulos de livro sobre as dinâmicas do campo literário e do campo cultural brasileiros, sobretudo sobre o período pós-64 (entre outros, “Encontros de escritores brasileiros nos finais da década de 1970: um mecanismo de institucionalização e de mercado”, “A conquista de autoridade intelectual. Polémicas, debates e boom editorial em meados dos anos 70 no Brasil”, “Eles eram muitos cavalos no(s) processo(s) de profissionalização de Luiz Ruffato”, “‘A massa ainda comerá do biscoito fino que fabrico’: entre a Semana de Arte Moderna e a Semana de Arte Moderna da Periferia”); para além de vários artigos, palestras e seminários sobre a trajetória de Nélida Piñon (“A Galiza: um material de repertório priorizado na obra de Nélida Piñon”, “Quarenta anos de uma estreia. A entrada de Nélida Piñon no campo literário brasileiro com Guia-Mapa de Gabriel Arcanjo”, “Posición y trayectoria de una escritora brasileña”, “Nélida Piñon en el sistema literario brasileño: la conquista de prestigio y procesos de profesionalización”), além de trabalhos (também participação em projetos) sobre o relacionamento cultural Galiza-Brasil e, mais recentemente, sobre a projeção internacional da literatura brasileira (“Mercados para a literatura  brasileira”, “Exportar literatura brasileira, hoje”, “Literatura Brasileira contemporânea: o desafio da exportação”, “Profissionalização do escritor e processos de internacionalização da literatura brasileira atual”, “Vender libros dentro y fuera de Brasl. El caso de Jorge Amado”). Também proferiu conferências e apresentou seminários em universidades internacionais (no Brasil: na UFRJ, PUC-RJ, Unisinos, UFSC, USP, UFFS, UFG, PUCRS, UniRitter, UnB). Coordena, ainda, programas de intercâmbio Erasmus com várias universidades portuguesas e italianas.

É membro do Grupo de Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea da Univ. de Brasília e do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. É também membro do Comité Editorial das revistas: Veredas, Agália, Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea, Portuguese Literary & Cultural Studies, Confluenze. Revista di Studi Iberoamericani, Revista de Escritoras Ibéricas, etc. Coorganizadora de Simpósios e Congressos, entre eles, o Colóquio “Nélida Piñon: Diferentes olhares e leituras” (1998, USC); Simpósio “Brasil: 500 anos depois” (USC, livro publicado em 2004), “Amazônia: sobrevivência, gestão e desenvolvimento” (2001, USC); VIII Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas (USC, 2005; co-editora das Actas em 3 volumes: Da Galiza a Timor: a lusofonia em foco, Actas do VIII Congresso da Associação Internacional de Lusitanistas; também em CD-Rom); “Conexões IV: A literatura brasileira contemporânea-Diálogos Galiza-Brasil” (Itaú Cultural-Consello da Cultura Galega, Santiago de Compostela, 17-19 de outubro de 2011). Foi Secretária Geral e Tesoureira da Associação Internacional de Lusitanistas e, atualmente, é membro do seu Conselho Fiscal. Publicou, em 2011, com Luiz Ruffato, o livro O conto brasileiro contemporâneo, na editora galega Laiovento.

O seu curriculum pode ser consultado em: 
http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=W9139512; https://baleiro.academia.edu/mcarmenvillarinopardogmailcomcarmenvillarino; http://www.grupogalabra.com/equipa/64-m-carmen-villarino-pardo.html?catid=34%3Aequipa; http://www.usc.es/fac_filoloxia/villarino_pardo.html.