José Carlos Quiroga

José Carlos Quiroga é Professor Titular de Literaturas Lusófonas na Universidade de Santiago de Compostela. Foi Bolseiro de investigação da Fundação Calouste Gulbenkian (1991-1992), do ICALP (atual Instituto Camões, 1992-1993) e também da Universittà Italiana per Stranieri (1983). Foi prémio extraordinário de doutoramento com uma tese sobre Fernando Pessoa (Lexicometria e Vocabulário em Pessoa Ortónimo e Heterónimo, 1995, em microfichas). 

Publicou os livros:
Fundou e dirigiu várias publicações periódicas, como a Revista Galega de Criação O Mono da Tinta e a Agália da Associação Galega da Língua, e realizou experiências no campo visual com música e vídeo, como EU-KA-LO (2005). Publicou fotografias em vários volumes da Agália (nalguns casos, sob nome de Lene Meyer Yong-Jae), nas Atas do Congresso da Associação de Lusitanistas de 2005 (que também diagramou, para além de realizar o vídeo que acompanha e de elaborar cartazes, logo, etc.). Também é um dos dois fotógrafos que acompanham a antologia de relatos Saudade - Un murmullo intraducible, de autores mexicanos e portugueses (2009, CNCA, México). Está representado nalgumas antologias, como a alemã hotel ver mar, a portuguesa A Poesia É Tudo, a espanhola Traslatio Literaria e Xacobea, etc. É autor doutros trabalhos de variada índole, em âmbitos diversos e de teor criativo, académico ou divulgativo, em jornais, atas de congressos, antologias e revistas da Galiza, Brasil, Portugal, Alemanha e Itália. Participou em encontros em variadas geografias do estrangeiro e foi organizador de eventos do mesmo tipo na Galiza, como a área de Literatura do Galego no mundo-Latim em pó, que coordenou ao amparo da Capital Europeia da Cultura 2000.