ContactosLigações


Com o crescimento, que se tem revelado nos últimos 10 anos sempre progressivo, do número de investigadores e de áreas de investigação, o CLEPUL tem tido a preocupação de realizar periodicamente restruturações do seu organigrama funcional de modo a adequá-lo à dinâmica presente do Centro e tornar mais eficiente a operacionalização do trabalho de investigação e a sua coordenação mais eficaz em ordem a uma cada vez maior otimização dos recursos e o aumento quantitativo e qualitativo dos resultados. 

Desta forma, atualmente o CLEPUL organiza aquela que é a sua coluna vertebral do trabalho de pesquisa em 8 Grupos de Investigação, aos quais estão ligados 5 Polos espalhados por diferentes universidades portuguesas e estrangeiras. 

De forma articulada com a direção do Centro e ligados transversalmente a diferentes grupos de investigação do Centro, o CLEPUL tem fomentado a criação de Gabinetes de pesquisa, boa parte deles da iniciativa de jovens investigadores em fase de formação avançada. Estes Gabinetes constituem-se com uma espécie de incubadoras de projetos de investigação que pretendem potenciar áreas específicas de pesquisa com capacidade para virem a tornar-se a médio prazo em Grupos de Investigação. 

A direção do CLEPUL em cooperação com a Comissão Coordenadora constituída pelo coordenadores científicos dos grupos de investigação tem promovido ainda a criação de Laboratórios específicos para dar apoio especializado ao trabalho fundamental de criação de bases de dados multimédia que estão a ser produzidas como resultados dos diferentes projetos em curso, os quais preveem, na maioria dos casos, a disponibilização na internet de produtos digitais (ebooks, repertórios, roteiros, bases de dados, revistas digitais, audiolivros, documentários científicos, arquivos digitais, dicionários digitais, etc.).

A investigação do CLEPUL também é enriquecida e complementada pelos Projetos Autónomos da iniciativa individual de investigadores que conquistam financiamentos em instituições públicas e privadas nacionais e estrangeiras, quer no quadro do Centro especificamente, quer associando a Grupos de Investigação tornando o Centro como parceiro. 


Os Grupos de Investigação (GI) e os seus respetivos Polos associados são os seguintes:


Grupo 1 - Literatura e Cultura Portuguesas

Grupo 2 - Culturas e Literaturas Africanas de Língua Portuguesa
                 Polo associado: Estudos Africanos (Universidade Católica de Angola em Benguela)

Grupo 3 - Multiculturalismo e Lusofonia
                 Polo associado: Da Latinidade ao Multiculturalismo (Universidade da Madeira)

Grupo 4 - Literatura e Cultura em InterArtes
                 Polo associado: Artes e Ciências (Universidade Fernando Pessoa - Porto)

Grupo 5 - Interculturalidade Ibero-Eslava
                Polo associado: Estudos Lusófonos e Europeus (Universidade do Algarve)

Grupo 6 - Brasil-Portugal: Cultura, Literatura e Memória
                 Polo associado: História, Cultura e Educação (Universidade Federal de Sergipe)

Grupo 7 - Metamorfoses da Herança Cultural
                 Polo associado: Mundos em Rede: Política, Comunicação e Cultura (Universidade Aberta)

Grupo 8 – Grupo de Investigação de Tradições Populares Portuguesas Professor Manuel Viegas Guerreiro 


Governo de Portugal FCT QREN Universidade de Lisboa Faculdade de Letras

CLEPUL 2012 (c) Todos os direitos reservados.
Powered by: Switx