Edição de Coletânea de Ensaios sobre Jorge Amado, Portugal e o Neorrealismo

Jorge Amado, Portugal e o Neorrealismo. Coletânea de textos comemorativos do centenário do escritor (org. Vania Pinheiro Chaves)  

Tendo decorrido em 2012 o centenário de nascimento de Jorge Amado, o autor brasileiro mais popular nos países de Língua Oficial Portuguesa e uma das figuras de referência para os seus intelectuais e escritores, o Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, o Centro de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e o Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória, da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, em parceria com o Museu do Neo-Realismo (Vila Franca de Xira), a Missão do Brasil junto à CPLP, a Universidade Estadual de Santa Cruz (Ilhéus-Brasil) e a Academia Brasileira de Letras, uniram-se para a organização do Colóquio Internacional 100 Anos de Jorge Amado: o Escritor, o Portugal e o Neorrealismo, que teve lugar em Portugal, de 12 a 16 de novembro de 2012. Dele participaram estudiosos nacionais e estrangeiros da vida e obra do escritor baiano, bem como figuras destacadas da cultura dos países de Língua Oficial Portuguesa que com ele estreitaram laços intelectuais e afetivos. Do conjunto de comunicações e depoimentos então apresentados foram selecionados os textos que integram esta coletânea cujas intenções principais são o reavivar da memória de um escritor que constitui um património da maior importância no universo da lusofonia e a atualização da leitura e interpretação da sua obra.