Maria Rosa Adanjo Correia

Maria Rosa Adanjo Correia, natural de Lisboa, professora aposentada do Ensino Secundário. Licenciada em Literatura-Românica pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, concluiu as escolaridades do Mestrado de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da mesma Universidade e do Doutoramento de Teoria da Tradução Literária na Faculdade de Traducció i d'Interpretació da Universidade Autónoma de Barcelona (UAB), onde defendeu, em Setembro de 1998, o “Treball de Recerca” (equivalente a tese de mestrado): A Linguagem Literária de Luandino Vieira e a Tradução de um Caso-Limite: João Vêncio: Os Seus Amores. A sua tese de doutoramento, sobre as traduções para catalão, francês, italiano e inglês do romance de Mia Couto A Varanda do Frangipani, encontra-se em fase de conclusão. É Formadora pedagógica de professores de português.

De Outubro 1986 a Setembro de 2003, foi leitora do Instituto de Língua e Cultura Portuguesa e do Instituto Camões na Faculdade de Letras e Filosofia da Universidade de Perugia, na Faculdade de Tradução e de Interpretação da Universidade Autónoma de Barcelona, na Faculdade de Humanidades da Universidade de Vigo e na Faculdade de Letras da Universidade de Genebra. De Setembro de 2009 a Outubro de 2011, foi leitora de Português no Centro Linguistico d’Ateneo da Universidade de Perugia, com contrato italiano.

Ao longo da carreira desenvolveu várias formas de difusão das Culturas e Literaturas Portuguesa, Africana de Língua Portuguesa e Brasileira, não só promovendo e organizando ações culturais, com a presença de escritores e ensaístas, como também proferindo conferências, apresentando, publicando ensaios e analisando obras de escritores e poetas.