Artur Henrique Ribeiro Gonçalves

Artur Ribeiro Gonçalves é Licenciado em Línguas e Literaturas Modernas (Estudos Portugueses e Franceses), Universidade de Lisboa (1981); Mestre em Literatura e Cultura Portuguesas (Época Moderna), Universidade Nova de Lisboa (1995), com a defesa da dissertação Uma Novela Pícara Portuguesa: O Desgraciado Amante, de Gaspar Pires de Rebelo; e Doutor em Estudos Portugueses (Literatura Portuguesa: sécs. XVII-XVIII), Universidade Nova de Lisboa (2001), com a defesa da dissertação Infortúnios Trágicos da Constante Florinda de Gaspar Pires de Rebelo: uma Novela de Amor e Aventuras Peregrinas. Prestou Provas Públicas para Professor Coordenador, na Área Científica de Línguas e Ciências Sociais da Universidade do Algarve (2003), com a lição A Retórica da Citação Pedagógica em Gaspar Pires de Rebelo (Frade Seiscentista da Ordem de Santiago). Foi docente do Ensino Secundário (1975-1985), disciplinas de Português e Francês; do Ensino Médio (1985-1989), disciplinas de Língua Portuguesa e Literatura Infantil; e do Ensino Superior Politécnico na Universidade do Algarve (desde 1988), unidades curriculares no âmbito da Formação de Professores e da Cultura e Literatura Portuguesa e Europeia. É Investigador integrado do Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e colaborador do Centro de História da Cultura (CHC) da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com linhas de investigação centradas na área da Cultura Literária Barroca Portuguesa do período da Monarquia Dual, com especial incidência na novela seiscentista pícara, cortesã e bizantina. Apresentou comunicações em diversos congressos, seminários, colóquios e encontros nacionais e internacionais; publicou estudos de análise e crítica literária, artigos e recensões em livros, jornais e revistas da especialidade.