MULHERES, CULTURA, CIÊNCIA, LETRAS E ARTES (MCCLA)

O MCCLA é um grupo de investigação e de divulgação, integrado no Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (CLEPUL) e no seu polo da Universidade Aberta, através da Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização, que surge da constatação de um gender gap transversal aos vários segmentos culturais, científicos e sociais.

O MCLLA abre uma geografia de defesa e constrói pontes e caminhos à discriminação positiva, privilegiando a produção, disseminação e a internacionalização de conhecimento em torno das mulheres, com vista à diminuição do gender gap que está na sua origem.

Este Gabinete tem na sua génese a tríade construir, formar e transformar, e perfila-se com o espírito dos movimentos de promoção das Social Science and Humanities – SSH e Digital Humanities – DH.

O MCCLA é composto por um leque de investigadores (jovens em início de carreira e investigadores sénior) e consultores culturais e científicos, nacionais e internacionais, oriundos das mais diversas proveniências, pluridisciplinares e transdisciplinares, mas com motivações e afinidades comuns e atitudes colaborativas, pretendendo contribuir para o progresso social e para a valorização das mulheres e da igualdade.

O MCCLA é uma plataforma que acolhe e estimula o desenvolvimento de projetos, trabalhos e estudos com um olhar múltiplo e igualitário que constituirá a sua marca identitária. Além disso, privilegia o estabelecimento de parcerias plurais (públicas/privadas e/ou nacionais/internacionais) de modo a congregar apoios e relações win-win.

Neste âmbito, o Gabinete firmou o primeiro protocolo com o Museu Internacional da Mulher-MIMA, revelando a sua vocação de produção, disseminação e internacionalização do conhecimento. Além disso, propõe-se desenvolver os seguintes projetos editoriais e científicos:

- Coleção Elas;
- Mulheres e Europa;
- Jogo Elas nas Exatas;
- Casas de Mulheres Escritoras;
- Organização do 50.º aniversário da morte de Virgínia Victorina – Alcobaça.



Coordenadoras:
Isabel Lousada e Isabel Baltazar


Investigadores:
Adriana Mello
Alexandre Honrado
Ana Pires da Silva
Cristina Firmino
Jorge Pereira de Sampaio
José Bernardino
Juliana Bonilha
Luísa Paolinelli
Maria Alexandre Bettencourt Pires
Nair Alexandra
Paula Rodrigues
Paulo Perneta
Raquel Lobo do Vale
Rosa Fina
Sandra Patrício
Susana Araújo
Vanda de Sousa
Vanda Figueiredo



Consultores:
Anália Torres
Anne Cova
Antonella Cagnolatti
Claudia de Castro Caldeirinha
Eva Alterman Blay
Irene Vaquinhas
Joaquim Melro
Luís Sobreira
Manuel Mendes Silva
Suzan van Dijk