Coordenação: Isabel Nery 


Porquê um Gabinete de Jornalismo e Literatura?

Este Gabinete surge para criar um espaço de aprendizagem e debate sobre o Jornalismo Literário que se faz em Portugal e no mundo. 

Com isso, pretende ir ao encontro de um número crescente de interessados em ler e estudar não-ficção. O Jornalismo Literário permite um espaço único de comunicação, de aprofundamento e de compreensão da sociedade, ajudando a tornar os temas contemporâneos mais acessíveis ao público em geral. Diferenciador, com estilo próprio e um carácter de permanência vedado à informação hard news, permite notar tendências culturais e problemas sociais de forma a construir uma narrativa sobre a sociedade em que vivemos. Vale, por isso, a pena estudá-lo e incentivá-lo.

O mundo é hoje um lugar complexo e o jornalismo literário tornou-se essencial para o compreender. O jornalismo, que serve a nobre missão de informar, tenderá a ser mais literário para continuar a cumprir o seu papel enquanto bem cívico. A literatura, sagaz a expor as contradições humanas, tem-se aproximado do jornalismo, de encontro aos leitores.

Porque a realidade é muito mais do que factos, numa época em que a informação está em todo o lado, o jornalismo terá de servir de montra dessas contradições, contextualizando-as e ajudando a compreendê-las. Só o conseguirá se transcender os limites do jornalismo diário.

E porque ao cuidar do jornalismo estamos também a cuidar da democracia, importa olhá-lo com a atenção que merece. 


Objetivos:


- Organização de eventos que lancem debate sobre o jornalismo e a literatura.
- Publicação de entrevistas.
- Organização de congressos e encontros internacionais.
- Incentivo à publicação de obras de Jornalismo Literário.


Projetos em perspetiva:


1) Criação de bolsa anual de Jornalismo Literário, que permita a um jornalista apresentar um tema que gostaria de investigar a fundo. Esta bolsa permitirá deixar temporariamente o trabalho quotidiano na redação para se dedicar em exclusivo à investigação e escrita do tema proposto;
2) Criação de cursos de curta duração ou pós-graduações em Jornalismo Literário;
3) Organização de exposições de fotorreportagem.


Equipa de investigadores e consultores:


Nacionais

Internacionais
Brasil
EUA
Rússia
Canadá
Espanha
Estónia