Centro



O centro em números

531
Investigadores
8
Grupos de Investigação
22
Polos e Gabinetes
35
Projetos

Parcerias Nacionais

Parcerias Internacionais

Investigação

Em que áreas trabalhamos?

Formação

Notícias

30
mai

Sophia, uma arte poética

Sophia, uma arte poética

Árvore - Cooperativa de Actividades Artísticas, CRL., e Clepul UL (Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias – Universidade de Lisboa).
Comissários: Isabel Ponce de Leão e José Rosinhas

25
abr

CONVITE | COLÓQUIO MUSEU INTERNACIONAL DO LIVRO SAGRADO | 25 ABRIL | GOUVEIA | 15H30

A Câmara de Gouveia, em cooperação com o Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes, a CIDH – Universidade Aberta, o CLEPUL – Universidade de Lisboa, a Área de Ciência das Religiões da Universidade Lusófona, e outras instituições nacionais e internacionais, vai apresentar, na tarde do dia 25 de abril de 2019, as grande linhas programáticas do MILS – Museu Internacional do Livro Sagrado – O ADN das Civilizações do Mundo e o primeiro grande evento cultural associado a este projeto: o maior congresso científico de sempre sobre a Bíblia na Cultura Ocidental: Milénios de Civilização. Serão ainda lançados os três volumes primeiros da coleção única sobre A Bíblia em Portugal.

12
abr

Lançamento Empreendipédia no ISMAI/Maia

No próximo dia 12 de abril, pelas 12h, no Anfiteatro 1 do Instituto Universitário da Maia - ISMAI, realizaremos um seminário com a apresentação da Empreendipédia – Dicionário de Educação para o Empreendedorismo. Junto anexamos Cartaz e Convite, em formato que poderão divulgar. 

11
abr

Workshop e Mesa-Redonda: Tradução e Circulação. Que lugar para as literaturas africanas de língua portuguesa?

As literaturas africanas escritas em português parecem gozar de boa saúde dentro e fora do espaço de língua portuguesa: 6 prémios Camões foram para autores africanos (incluindo o que não foi aceite por Luandino Vieira), vários centros de investigação e faculdades dentro e fora de Portugal dedicaram e dedicam o seu esforço de pesquisa ao estudo de sectores destas tradições literárias, alguns autores africanos são amplamente conhecidos pelo público não académico. Ao mesmo tempo, a tradução para outras línguas levou a escrita de alguns desses autores para outros países, sendo que alguns autores podem ser considerados claramente internacionalizados (Mia Couto, Agualusa, por exemplo).

Biblioteca

Quer conhecer aquilo que fazemos?

Lusosofia

Revistas

Publicações

Escritores Lusófonos

Bases de Dados